Projetos nos quais o CIEBI participa ativamente como parceiro.

Histórico

WOODTECH

 

O WOODTECH é um projeto de inovação e de transferência de tecnologia, cuja finalidade é contribuir para que as empresas de primeira e de segunda transformação da madeira do espaço SUDOE sejam mais competitivas frente a um mercado globalizado e reforçar a sua capacidade de desenvolver novos produtos com um valor adicional e com madeira de florestas locais, geridas de maneira sustentável. As florestas do espaço SUDOE são essencialmente mediterrânicas e apresentam especificidades importantes (grande diversidade florestal, massas descontinuas e propriedade florestal muito atomizada). O espaço SUDOE apresenta dificuldades de competitividade na indústria madeireira. As indústrias madeireiras do espaço SUDOE tendem a importar a madeira já cortada e acondicionada procedente de outros países.

O projeto responde a duas necessidades dentro do contexto SUDOE:

- Melhorar a competitividade da indústria madeireira do espaço SUDOE inovando em produtos madeireiros e capacitando as empresas do sector

- Valorizar os recursos locais. Atualmente há um excedente de madeira sem aproveitar, potencialmente apta para outros usos distintos dos actuais.

 

Objetivos do projeto:

1 - Desenvolver 4 produtos com madeira de espécies com procedência das florestas do espaço SUDOE

2 - Colocar à disposição das PME estes produtos inovadores para a sua exploração comercial

3 - Promover e divulgar estes novos produtos não só dentro do sector mas também junto da sociedade.

4 - Transferir os conhecimentos e a tecnologia gerados.

5 - Capacitar e dar ferramentas de empreendedorismo às PME e fomentar a criação de novos postos de trabalho.

6 - Criar uma rede de cooperação entre as PME interessadas e os parceiros do projeto.

www.woodtech-project.eu

 


---------------------------------------------------------------------------------


CYBERSUDOE’INNOV

 

O projeto CYBERSUDOE’INNOV surge na sequência dos projetos Cybersudoe, E-Incorporate, Crea-Buisness-Idea e CREANET 2.0., capitalizando as experiências dos vários parceiros no domínio da inovação.

Este projeto permitiu capitalizar as ferramentas adquiridas através dos projetos anteriormente referidos, com a difusão de todos os resultados através do reforço das dinâmicas daí advindas. Responde também à necessidade da existência de estruturas de apoio às empresas e à necessidade de que estas trabalhem em colaboração de forma a desenvolverem ferramentas, garantindo desta forma a eficácia das suas ações.

O projeto teve como objetivo a inovação nas PME do SUDOE através do uso de novas tecnologias. Do ponto de vista operacional, isto significa que começamos com a realização de reuniões entre especialistas de diferentes sectores e várias centenas de PME que desejam inovar. Tendo em seguida, decorrido diferentes tipos de acompanhamentos para desenvolver as ideias durante encontros inovadores.

www.cybersudoe.eu/fr/

 


---------------------------------------------------------------------------------


CREANET 2.0

 

CREA NET 2.0 é um projeto financiado pelo programa Interreg IV B SUDOE da União Europeia. Surgiu na continuação do projeto CREA-BUSINESS-IDEA, que começou a 1 de Abril de 2009 e terminou a 31 de Dezembro de 2010.

CREA NET 2.0 teve como objetivo dar início a um sistema de apoio à criatividade e trabalho em redes de empreendedores e empresas, que se traduziu na identificação e desenvolvimento de projetos inovadores e na criação de empresas, gerando assim empregos de qualidade.

Este projeto teve como foco principal o desenvolvimento da criatividade através de estratégias específicas e para um público identificado e com necessidades de inovação muito concretas.

De um modo concreto, teve como objetivos principais:

  • Reforçar a criatividade (técnicas, metodologias, etc.) em empreendedores e empresas com o objetivo de desenvolver novos projetos inovadores, novas empresas e empregos.
  • Criar uma rede estável de colaboração transfronteiriça entre os parceiros do projeto e especialistas europeus, em matéria de criatividade e inovação empresarial.
  • Identificar tendências e desenvolver novas ferramentas de trabalho para fomentar e impulsionar a criatividade e a inovação, a partir de uma perspectiva regional mas com impacto europeu.
  • Criar redes estáveis de colaboração entre empreendedores, empresas recentemente criadas, empresas consolidadas e organismos intermédios de apoio à I+D+I que gerem projectos inovadores em sectores de actividade económica importantes nas regiões sociais.
  • Impulsionar e dinamizar ambientes de colaboração de trabalho em rede através de ferramentas online, que sirvam para partilhar e transferir conhecimento em matéria de criatividade e ligar interesses a todos os níveis.
  • www.creabusinessidea.com

     


    ---------------------------------------------------------------------------------


    SOHO-SOLO

    Aprovado no âmbito da iniciativa comunitária INTERREG IIIB (Espaço Atlântico), o CIEBI/BIC participa juntamente com outros BIC (Business Inovation Centres ou Centros de Inovação e Negócios) de Espanha, França e Irlanda neste Projecto, cujas funções são:

    • Identificar através de uma amostra os Solos existentes nesta região (Beira Interior) e facilitar a entrada de novos Solos Empreendedores Individuais,
    • Criar em sinergia com os todos os actores locais que participam directamente do desenvolvimento da região, condições de habitação, serviços, etc.,para que os solos se instalem na nossa região em detrimento de outras no País - Oferta das Zonas Rurais.
    • Criar Plataformas de Serviços - o projecto prevê a abertura agendada para o segundo semestre de 2004 em parceria com a Autarquia do Fundão, de um Centro de acolhimento e apoio aos SOHO/SOLOS, no qual serão disponibilizadas facilidades em várias àreas: linguísticas; jurídicas, imobiliárias, financeiras, etc. para além de disponibilizar equipamento informático avançado (ADSL, ligação satélite) de apoio aos mesmos.
    • Promover e difundir boas Práticas, nesta região;

    www.ciebi-bic.com/soho.solo
    www.soho-solo.com


    ---------------------------------------------------------------------------------


    TIC-PYME

    O projecto TICPYME visa implementar serviços avançados de informação e comunicação em áreas tipicamente afastadas dos tradicionais centros de desenvolvimento tentando compensar a deficiente oferta de serviços nestas áreas geográficas.

    Em função do diagnóstico de necessidades identificadas com o decorrer deste projecto, serão preparadas um conjunto de ofertas de serviços que se adaptem a estas necessidades.

    O projecto TICPYME surge de uma candidatura aprovada no âmbito do programa INTERREG IIIB SUDOE e conta com os seguintes parceiros:

    • Agência de Desenvolvimento Regional de TMAD
    • CEDETEL - Centro para o Desenvolvimento das Comunicações de Castilla y León
    • Sociedade de Desenvolvimento de Santa Cruz de Tenerife
    • Fundação CTIC
    • CIEBI
    • CETEMA
    • Câmara de Comércio e Indústria de Toulouse

    www.ticpyme.com


    ---------------------------------------------------------------------------------


    INOBEIRA

    O projecto INOBEIRA resultou de uma parceria activa entre o CIEBI a UBI e outros actores locais e regionais com vista à dinamização de novas iniciativas empresariais e aproximação da cultura universitária da cultura de empresa, podendo ainda constituir um veículo necessário para a modernização do tecido empresarial e incremento da sua competitividade.  A UBI dispõe de laboratórios e "staff" de apoio que podem assumir-se como parceiros indispensáveis em melhorias contínuas das empresas com impacto directo em ganhos de produtividade. O diagnóstico efectuado à oferta tecnológica constatou que a UBI dispõe de departamentos já com alguma experiência de parceria com o tecido empresarial local e regional e outros com um elevado potencial para fazerem emergir novas iniciativas empresariais, como por exemplo o de Informática, já algumas patentes registadas pelos seus docentes.

    A página WEB do CIEBI construída em parceria com o CIBERCENTRO, foi concebida de forma a permitir aos seus utilizadores um acesso mais rápido ao CIEBI, o qual se tem revelado como o principal impulsionador em toda a Beira Interior do empreendedorismo, criação de novas empresas e projectos estruturantes de desenvolvimento local e regional, podendo por seu intermédio aceder ao tipo de serviços que os departamentos da UBI poderão prestar ao tecido empresarial.

    O diagnóstico ao tecido empresarial local e regional teve como preocupação apreender e detectar potenciais focos de tecnologia e sensibilização dos empresários no "saber" procurar a informação junto do sistema científico e tecnológico (SCT) numa base de parceria activa, tendo como objectivo estabelecer sinergias entre a procura tecnológica empresarial e a oferta tecnológica do SCT.


    ---------------------------------------------------------------------------------


    ARQUEOTEX

    museu.ms.ubi.pt/arqueotex.html


    ---------------------------------------------------------------------------------


    TECNOFOCUS

    www.stepc.gr/technofocus/